• Category Archives História de Portugal
  • Escriptos Diversos

    Escriptos Diversos «€120.00»

    Augusto Filipe Simões – Escriptos Diversos – Imprensa da Universidade – Coimbra – 1888.Desc.[390] pág / 23 cm x 16 cm / E.Pele

     

     

     

    SIMÕES, Augusto FilipeNasceu em Coimbra a 18 de Junho de 1835. Licenciado em Filosofia e Medicina (1872), Doutor em Medicina (1872), Lente Substituto (1873) e Lente Catedrático (1882) da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra e Bibliotecário interino da Biblioteca da Universidade desde 1883 até 1 de Novembro de 1884, quando faleceu.

    Na Biblioteca, dedicou especial atenção à preservação e segurança do seu espólio documental, tendo providenciado a catalogação sistemática dos milhares de livros dos fundos dos conventos extintos.

    Entre outros cargos desempenhados, merece particular relevo o lugar de Bibliotecário da Biblioteca Pública de Évora, de 1863 a 1872.

    Foi sócio efectivo do Instituto de Coimbra a partir de 13 de Janeiro de 1859, onde desenvolveu importante actividade, empenhando-se particularmente na criação da secção de Arqueologia e do respectivo museu e cujo catálogo redigiu.

    É autor de vasta bibliografia, onde se destacam: Relíquias da arquitectura romano-bizantina em Portugal, e particularmente na cidade de Coimbra, Da arquitectura religiosa em Coimbra, durante a Idade Média, Introdução à arqueologia da Península Ibérica.

    Foi um dos editores do Arquivo Pitoresco e colaborou ainda em diversos periódicos – Artes e Letras, Arte, Ocidente, e Boletim Arquitectónico de Arqueologia da Real Associação dos Arquitectos e Arqueólogos Portugueses, de Lisboa. De Coimbra, além de O Instituto, participou também no Recreio Juvenil, Prelúdios Literários, Revista Académica (2ª. série), Literatura Ilustrada, Panorama Fotográfico de Portugal, Portugal Pitoresco, Amigo do Estudo, Gazeta de Coimbra, O Conimbricense e Tribuno Popular.


  • O Tempo e o Modo – Revista de Pensamento e Acção

    O Tempo e o Modo – Revista de Pensamento e Acção – (Do nº 1  ó nº45 ) «€250.00»

    O Tempo e o Modo – Revista de Pensamento e Acção – Direcctor – Alçada Baptista – (Janeiro de 1963/ Janeiro de 1967)

     

    O Tempo e o Modo foi uma revista portuguesa cuja primeira publicação data de Janeiro de 1963. Tratava-se de uma revista que marcou a sociedade portuguesa pela abertura de novos horizontes políticos, culturais, literários e artísticos. Como se podia ler na capa da revista, foi Uma revista de pensamento e acção. Teve como fundadores, uma geração de não conformistas provenientes de diversos movimentos católicos como o jornal Encontro e da Juventude Universitária Católica (JUC). Desses fundadores, podemos destacar António Alçada Baptista, João Bénard da Costa, Pedro Tamen, Nuno de Bragança, Alberto Vaz da Silva e Mário Murteira, sendo que, a estes se vieram juntar mais tarde, outros inconformados dispostos a intervir para alterar a sociedade/regime como por exemplo Mário Soares, Francisco Salgado Zenha, Francisco Lino Neto, Adérito Sedas Nunes, Jorge Sampaio, Manuel de Lucena, Manuel dos Santos Loureiro, Mário Sottomayor Cardia, Helena Vaz da Silva, Vasco Pulido Valente, João Cravinho, etc. A revista teve como primeiro director António Alçada Baptista e como chefe de redacção João Bénard da Costo


  • Estudos Políticos e Sociais (Revista Trimestral)

  • Isabel da Luz de Figueiredo – Mecenas e Benemérita Aveirense

    Isabel da Luz de Figueiredo – Mecenas e Benemérita Aveirense «€13.00»

    Amaro Neves – Isabel da Luz de Figueiredo – Mecenas e Benemérita Aveirense – Edição – ADERAV – Associação de Defesa do Património Natural e Cultural da Região de Aveiro – Aveiro – 2009. Desc.[144] pág / 24 cm x 17 cm / Br.


  • Intervenções

    Intervenções «€100.00»

    Mario Soares –  Intervenções (Colecção Completa de 9 Vols.) – Imprensa Nacional Casa da Moeda – Lisboa – 1987/95. Desc.[225] + [419] + [373] + [594] + [701] + [309] + [313] + [595] + [531] pág / 24 cm x 15 cm / Br.


  • Monumentos – Revista De Edifícios e Monumentos

  • Quase Memórias (Do Colonialismo e da Descolonização) Vol 1.º / Quase Memórias (Da Descolonização de Cada território em Particular ) Vol 2.º

    Quase Memórias (Do Colonialismo e da Descolonização) Vol 1.º / Quase Memórias (Da Descolonização de Cada território em Particular ) Vol 2.º «€40.00»

    António Almeida Santos – Quase Memórias (Do Colonialismo e da Descolonização) Vol 1.º / Quase Memórias (Da Descolonização de Cada território em Particular ) Vol 2.º – Casa das letras – Lisboa – 2006.Desc.[614] + [461] pág / 24 cm x 16 cm / Br.


  • O Antigo Regime e a Revolução (Memórias Políticas (1941-1975)-1975

    O Antigo Regime e a Revolução (Memórias Políticas (1941-1975) «€20.00»

    Diogo Freitas do Amaral – O Antigo Regime e a Revolução (Memórias Políticas (1941-1975) – Bertrand – Lisboa – 1995. Desc.[540] pág / 23 cm x 15 cm / Br.


  • Salazar – O Fim e a Morte (História de Uma Mistificação)

    Salazar – O Fim e a Morte (História de Uma Mistificação) «€20.00»

    Eduardo Coelho & António Macieira Coelho – Salazar – O Fim e a Morte (História de Uma Mistificação) – Publicações Dom Quixote – Lisboa – 1995. Desc.[


  • Antonio Vieira – Cartas

    Antonio Vieira – Cartas «€80.00»

    Pª. Antonio Vieira – Cartas (Vol.º I – II – III) – (Coordenação e Anotadas por J.Lúcio de Azevedo) – INCM – Imprensa Nacional Casa da Moeda /Biblioteca de Autores Portugueses – Lisboa – 1997. Desc.[VXI] + [583] + [XV] +[690] + [XVII] + [834] pág / 24 cm x 15 cm / Br


  • “Colombo” Português – Provas Documentais (Vol .º1 & 2)-2

    “Colombo” Português – Provas Documentais (Vol .º1 & 2) «€40.00»

    Mascarenhas Barreto – “Colombo” Português – Provas Documentais (Vol .º1 & 2) – Editorial Nova Arrancada – Lisboa – 1997. Desc.[391] + [447] pág / 24 cm x 17 cm / Br.

     

     

    Augusto Cassiano Neves Mascarenhas de Andrade Barreto (Lisboa, 27 de janeiro de 1923 — Lisboa, 3 de janeiro de 2017) foi um investigador de História, romancista, poeta e tradutor português. Morreu o investigador e poeta Augusto Mascarenhas Barreto - Atualidade - SAPO 24Filho de Augusto Cassiano da Silva Neves Barreto (Sintra, 1897 – Segunda Guerra Mundial, Timor Português, Timor, Dezembro de 1941) e de sua mulher Mavíldia Augusta da Costa Andrade (Lisboa, 1900 – Lisboa, 1980). Dedicou 20 anos da sua vida na pesquisa de documentos em busca de provas que confirmaram as inúmeras incoerências da biografia oficial de Cristóvão Colombo e defende a nacionalidade portuguesa do navegador, cujo nome verdadeiro seria Salvador Fernandes Zarco. A tese é compartilhada por Manuel Luciano da Silva, médico e pesquisador luso-norte-americano, que publicou, juntamente com a mulher, Sílvia Jorge da Silva, o livro Cristóvão Cólon (Colombo) Era Português. Vários outros historiadores, no entanto, rejeitam a tese do Colombo português, qualificando-a de ficção histórica. Casou com Maria do Carmo Thomasa y Marcet Pizarro de Sampaio e Melo (Lisboa, Lapa, 16 de Março de 1928), filha de Luís Francisco Pizarro de Melo e Sampaio (4 de Julho de 1904 – 1964), sobrinho-trineto do 1.º Visconde de Bóbeda e primo distante de Francisco Pizarro e de Hernán Cortés, e de sua mulher a espanhola catalã María de las Mercedes Thomasa y Marcet (Barcelona – 1991)


  • Os Espanhóis e Portugal

    Os Espanhóis e Portugal «€30.00»

    José Freire Antunes – Os Espanhóis e Portugal – Oficina do Livro – Lisboa – 20023. Desc.[733] pág / 24 cm x 16 cm / E. Capa Original


  • Terra de Sever (Colectânea de Documentos Oficiais e Particulares – 897/1914)-1914

    Terra de Sever (Colectânea de Documentos Oficiais e Particulares – 897/1914) «€50.00»

    Fernando Soares Ramos – Terra de Sever (Colectânea de Documentos Oficiais e Particulares – 897/1914) – Edição Câmara Municipal Sever do Vouga – Sever do Vouga – 2002. Desc.[319] pág / 30,5 cm x 24 cm / E. Tele a Capa Original


  • Sever do Vouga – Uma Viagem no Tempo – Vol I & II

    Sever do Vouga – Uma Viagem no Tempo «€80.00»

    Fernando Soares Ramos – Sever do Vouga – Uma Viagem no Tempo (Vol. I & II) – Edição – Câmara Municipal Sever do Vouga – Sever do Vouga – 1998. Desc.[522] + [330] pág / 30,5 cm x23,5 cm / E. Tele e Capas Original

     

     

    Sever do Vouga é uma vila portuguesa, pertencente ao distrito de Aveiro, situada na região Centro, sub-região Região de Aveiro, com cerca de 2 700 habitantes. É sede de um município com 129,88 km² de área e 12 356 habitantes (2011),subdividido em 7 freguesias. O município é limitado a norte pelo município de Vale de Cambra, a leste por Oliveira de Frades, a sul por Águeda e a oeste por Albergaria-a-Velha e por Oliveira de Azeméis.Fica situada a cerca de 30 km a este de Aveiro, 70 km a sul do Porto, 70 km a norte de Coimbra a 60 km a oeste de Viseu.