Catalogo / Banda Desenhada & Cartoons

 

 

 

 

 

 

História do Oeste / Publicação Juvenil

 Banda Desenhada

 

 

 

  1. P1010277História do Oeste – Publicação Juvenis – Nº 9 – A Conquista da Califórnia / Lendas e Factos do Oeste Americano – Editores – Mário Assunção  e José  Martins Ramos – Lisboa – 1973. Desc. 96 pág / 21 cm x 16 cm / Br. Ilust – «€6.00»
  2. História do Oeste – Publicação Juvenis – Nº 10 – Noites de Terror / Lendas e Factos do Oeste Americano – Editores – Mário Assunção  e  José  Martins Ramos – Lisboa – 1973. Desc. 96 pág / 21 cm x 16 cm / Br. Ilust – «€6.00»
  3. História do Oeste – Publicação Juvenis – Nº 11 – Veleiros da Pradaria / Lendas e Factos do Oeste Americano – Editores – Mário Assunção  e José  Martins Ramos – Lisboa – 1973. Desc. 96 pág / 21 cm x 16 cm / Br. Ilust – «€6.00»
  4. História do Oeste – Publicação Juvenis – Nº 12 – A Febre do Ouro / Lendas e Factos do Oeste Americano – Editores – Mário Assunção  e José  Martins Ramos – Lisboa – 1973. Desc. 96 pág / 21 cm x 16 cm / Br. Ilust – «€6.00»
  5. História do Oeste – Publicação Juvenis – Nº 13 – A Patrulha Heróica / Lendas e Factos do Oeste Americano – Editores – Mário Assunção  e José  Martins Ramos – Lisboa – 1973. Desc. 96 pág / 21 cm x 16 cm / Br. Ilust – «€6.00»
  6. História do Oeste – Publicação Juvenis – Nº 14 – O Bisonte Sagrado / Lendas e Factos do Oeste Americano – Editores – Mário Assunção  e José  Martins Ramos – Lisboa – 1973. Desc. 96 pág / 21 cm x 16 cm / Br. Ilust – «€6.00»
  7. História do Oeste – Publicação Juvenis – Nº 15 – Diligencias Heróicas / Lendas e Factos do Oeste Americano – Editores – Mário Assunção  e José  Martins Ramos – Lisboa – 1973. Desc. 96 pág / 21 cm x 16 cm / Br. Ilust – «€6.00»
  8. História do Oeste – Publicação Juvenis – Nº 17 – O Sargent / Lendas e factos do Oeste Americano – Editores – Mário Assunção  e José  Martins Ramos – Lisboa – 1973. Desc. 96 pág / 21 cm x 16 cm / Br. Ilust – «€6.00»
  9. História do Oeste – Publicação Juvenis – Nº 18 – O Sargento Youk / Lendas e factos do Oeste Americano – Editores – Mário Assunção  e José  Martins Ramos – Lisboa – 1973. Desc. 96 pág / 21 cm x 16 cm / Br. Ilust – «€6.00»

 

 

Jaguar

 Banda Desenhada

 

 

  1. P1010278Jaguar (Colecção) N.º 6 – Sigurd, O Herói – Por: E. T. Coelho – Edição Mensal do “Jornal do Couto”  – Director: Roussado Pinto / Editor: M.A. Lopes de Sousa – Lisboa – S/D . Desc. 50 pág / 27 cm x 19 cm / Br. Ilust. – «€6.00»
  2. Jaguar (Colecção) N.º 7 – O Sargento Secreto  – Por: Bod Lewis – Edição Mensal do “Jornal do Couto”  – Director: Roussado Pinto / Editor: M.A. Lopes de Sousa – Lisboa – S/D . Desc. 50 pág / 27 cm x 19 cm / Br. Ilust. – «€6.00»
  3. Jaguar (Colecção) N.º 8 – Os Guerrilheiros em Dois e mais Um…  – Por: Jesus Blasco – Edição Mensal do “Jornal do Couto”  – Director: Roussado Pinto / Editor: M.A. Lopes de Sousa – Lisboa – S/D . Desc. 66 pág / 27 cm x 19 cm / Br. Ilust. – «€6.00»
  4. Jaguar (Colecção) N.º 9 – Dan Jensen em o País Perdido – Por: Jesus Blasco – Edição Mensal do “Jornal do Couto”  – Director: Roussado Pinto / Editor: M.A. Lopes de Sousa – Lisboa – S/D . Desc. 50 pág / 27 cm x 19 cm / Br. Ilust. – «€6.00»
  5. Jaguar (Colecção) N.º 10 – Brick Bradford Regresso a Panola – Por: Paul Norris – Edição Mensal do “Jornal do Couto”  – Director: Roussado Pinto / Editor: M.A. Lopes de Sousa – Lisboa – S/D . Desc. 50 pág / 27 cm x 19 cm / Br. Ilust. – «€6.00»
  6. Jaguar (Colecção) N.º 12 – Os Mosqueteiros do Rei – Edição Mensal do “Jornal do Couto”  – Director: Roussado Pinto / Editor: M.A. Lopes de Sousa – Lisboa – S/D . Desc. 50 pág / 27 cm x 19 cm / Br. Ilust. – «€6.00»

 

Xerife – Buffalo Bill

 

 

William Frederick Cody (26 de Fevereiro de 1846 – 10 de Janeiro de 1917), simplesmente Buffalo Bill, foi aventureiro americano nascido em Scott County, Iowa, EUA. Matou milhares de búfalos num curto espaço de tempo, ficando por isso com a alcunha de “Buffalo Bill”. Além de caçar búfalos, Cody teve inúmeros empregos: batedor da cavalaria americana (1868-1872), mensageiro do Pony Express (1860), gerente de hotel, ferroviário e condutor de diligências. Uma lenda em seu país, Buffalo Bill se tornou também mundialmente famoso graças ao show sobre o Oeste Selvagem (Buffalo Bill’s Wild West show) que passou a estrelar a partir de 1883. O show incluía uma parada de cavaleiros, participação de índios americanos, e grandes atiradores. O show contava ainda com Turcos, Árabes, Mongóis e Cossacos, com cavalos e roupas típicas, e com participações de Jane Calamidade e Touro Sentado. Foi um ícone notável no Velho Oeste, e ficou famoso principalmente por ser um dos criadores dos espectáculos sobre o género. Ele nasceu em 1846, nos Estados Unidos, no estado de Iowa. Seu verdadeiro nome é William Frederick Cody. Quando ainda era jovem, uma estrada de ferro começou a ser construída através das planícies do estado. Então, o jovem, ainda conhecido como Willian Cody, começou a trabalhar como fornecedor de carne para os operários da estrada de ferro. Daí veio sua alcunha, a carne que ele supria era de Búfalos. Era um exímio caçador e em um ano chegou a matar cerca de cinco mil búfalos. Ganhou fama e a alcunha. Com o extermínio dos Búfalos nos anos que se seguiram, ficava cada vez mais difícil achar manadas do animal, Búfalo Bill, já com grande fama, resolve então investir numa carreira de artista. Em 1883 contratou alguns índios e mais alguns vaqueiros para fazer uma espécie de circo móvel, cuja temática era o Oeste selvagem. Assim, ele passava de cidade em cidade, nas quais as pessoas pagavam para ver o espectáculo  junto com suas demonstrações de habilidades de cavaleiro. Ganhou fama e dinheiro, sessenta anos depois suas ideias inspiraram os filmes de Faroeste.

  1. P1010275Xerife “Buffalo Bill” em o Fio Que Fala – Aventuras – Nº 90 – Director: Mário de Aguiar – Editor: Aguiar & Dias, Lda – Redacção: Rua Saraiva de Carvalho – Lisboa – 1972. Desc.64 pág / 17 cm x 12 cm / Br. Ilust. – «€2.50»
  2. Xerife “Buffalo Bill” em o Espéctro da Guerra Índia – Aventuras – Nº 103 – Director: Mário de Aguiar – Editor: Aguiar & Dias, Lda – Redacção: Rua Saraiva de Carvalho – Lisboa – 1972. Desc.64 pág / 17 cm x 12 cm / Br. Ilust. – «€2.50»
  3. Xerife “Buffalo Bill” em o Circo Sinistro – Aventuras – Nº 104 – Director: Mário de Aguiar – Editor: Aguiar & Dias, Lda – Redacção: Rua Saraiva de Carvalho – Lisboa – 1972. Desc.64 pág / 17 cm x 12 cm / Br. Ilust. – «€2.50»
  4. Xerife “Buffalo Bill” em Morticínio em Greyhound – Aventuras – Nº 108 – Director: Mário de Aguiar – Editor: Aguiar & Dias, Lda – Redacção: Rua Saraiva de Carvalho – Lisboa – 1972. Desc.64 pág / 17 cm x 12 cm / Br. Ilust. – «€2.50»
  5. Xerife “Buffalo Bill” em o Cavalo de Fogo – Aventuras – Nº 109 – Director: Mário de Aguiar – Editor: Aguiar & Dias, Lda – Redacção: Rua Saraiva de Carvalho – Lisboa – 1972. Desc.64 pág / 17 cm x 12 cm / Br. Ilust. – «€2.50»
  6. Xerife “Buffalo Bill” em a Seita do Dente Vermelho – Aventuras – Nº 110 – Director: Mário de Aguiar – Editor: Aguiar & Dias, Lda – Redacção: Rua Saraiva de Carvalho – Lisboa – 1972. Desc.64 pág / 17 cm x 12 cm / Br. Ilust. – «€2.50»
  7. Xerife “Buffalo Bill” em Um Plano Diabólico – Aventuras – Nº 111 – Director: Mário de Aguiar – Editor: Aguiar & Dias, Lda – Redacção: Rua Saraiva de Carvalho – Lisboa – 1972. Desc.64 pág / 17 cm x 12 cm / Br. Ilust. – «€2.50»
  8. Xerife “Buffalo Bill” em o Homem, que Odeia os Índios – Aventuras – Nº 114 – Director: Mário de Aguiar – Editor: Aguiar & Dias, Lda – Redacção: Rua Saraiva de Carvalho – Lisboa – 1972. Desc.64 pág / 17 cm x 12 cm / Br. Ilust. – «€2.50»
  9. P1010279Xerife “Buffalo Bill” em Aventura Perigosa – Aventuras – Nº 115 – Director: Mário de Aguiar – Editor: Aguiar & Dias, Lda – Redacção: Rua Saraiva de Carvalho – Lisboa – 1972. Desc.64 pág / 17 cm x 12 cm / Br. Ilust. – «€2.50»
  10. Xerife “Buffalo Bill” em A Filha de “Pata de Lobo” – Aventuras – Nº 118 – Director: Mário de Aguiar – Editor: Aguiar & Dias, Lda – Redacção: Rua Saraiva de Carvalho – Lisboa – 1972. Desc.64 pág / 17 cm x 12 cm / Br. Ilust. – «€2.50»
  11. Xerife “Buffalo Bill” em A Embuscada – Aventuras – Nº 119 – Director: Mário de